quarta-feira, março 23, 2005

Oculus, -i _ Frigidus, -a, -um _ Orbus, -a, -um _ Diffluo, -is, -ere, fluxi, fluxum

OCULUM- olho
Oculus,-i.
Na palavra OCULUM, originária do Latim Clássico, a vogal breve pós-tónica U ao passar para o Latim Vulgar cai, passando a escrever-se OCLUM. A sequência CL no século II d. c. sofre uma palatalização e passa à africada palatal /λ/ ou LH, passando-se a pronunciar em português actual: olho.
Esta palavra latina não originou apenas a palavra olho, podemos encontrar outras palavras como: olhar, ocular, oculista, ocultar (tirar da vista), oculto, ocultação, etc.


FRIGIDUS- frio
Frigidus,-a,-um.
Na palavra FRIGIDUS com a síncope das fricativas /δ/ e /γ/, D e G respectivamente, derivado à Lenição das oclusivas orais intervocálicas, a palavra passa a /friius/ e com a simplificação das vogais duplas passa a /friu/ ou FRIO.
A palavra não só originou frio, como também originou outras palavras como: friorento, frigido, frigidez, frigideira, frieza, frieira, frigirífico, etc.


orfão- orbus, a, um.
dissolver-se- diffluo, is, ere, fluxi, fluxum.