sexta-feira, maio 20, 2005

História de Roma Antiga e o Império Romano

Os romanos explicavam a origem da sua cidade através do mito de Rômulo e Remo. Segundo a mitologia romana, os gémeos foram jogados no rio Tibre, na Itália. Resgatados por uma loba que os amamentou, foram criados posteriormente por um casal de pastores. Adultos, retornam à cidade natal de Albalonga e ganham terras para fundar uma nova cidade que seria Roma. A fundação desta cidade resulta na mistura de três povos que foram habitar a região da Peninsula Itálica: gregos, etruscos e italiotas. A sociedade, nesta época era formada por patrícios (nobres proprietários de terras) e plebeus ( comerciantes, artesãos e pequenos proprietários). O sistema político era a monarquia, já que a cidade era governada por um rei de origem patrícia.
A religião neste período era politeísta, adoptando deuses semelhantes aos dos gregos, porém com nomes diferentes. Nas artes destacava-se a pintura de afrescos, murais decorativos e esculturas com influências gregas.
Os romanos depois de dominar toda a peninsula itálica partem em conquista de outros territórios, garantindo assim a supremacia romana no mar Mediterrâneo, ao qual passaram a chamar "Mare Nostrum".
A língua romana era o latim, que depois de um tempo espalhou-se pelos quatro cantos do império, dando origem na Idade Média, ao português, francês, italiano e espanhol.
É então possível concluir que a história de Roma Antiga é fascinante devido à cultura desenvolvida e dos avanços conseguidos por esta civilização, tornando-se assim, um dos maiores impérios da Antiguidade.




Carina de Jesus
Xénia Santos