segunda-feira, maio 30, 2005

A origem do latim e a sua evolução.



O latim é uma língua pertencente ao grupo itálico da grande família das línguas indo-europeias. Falado na cidade de Roma e na província do Lácio, no século I a.C. estendeu-se a toda a Itália e seguidamente à parte ocidental da Europa, desde a actual Roménia até Portugal, vindo dar origem às línguas latinas.
Foi língua de literatura e língua franca na Europa inteira durante a antiguidade romana e a idade média europeia.
O latim é um idioma original da região itálica do Lácio que ganhou grande importância por ser o idioma oficial do antigo Império Romano; deu origem a um grande número de línguas europeias, denominadas românicas, ou neo-latinas, como o português, Castelhano, o francês, o italiano, o romeno, o galego e o catalão.
Durante séculos depois da queda do Império Romano, o latim continuou a ser utilizado em toda a Europa como língua culta. Actualmente é o idioma oficial da Cidade do Vaticano.


Historicamente os seus períodos podem ser divididos assim:

Pré-clássico, do século VII a.C. ao século II a.C.. As inscrições mais antigas procedem do séclo VII a.C. Nos séculos III e II a.C. a literatura faz a sua aparição, sob influência grega (Plauto, Terêncio).

Clássico, do século II a.C. ao século II d.C. A idade dourada da literatura latina.

Latim Vulgar, incluindo o período patrístico, do século II ao V d.C., onde se inclui a Vulgata de São Jeronimo e as obras de Santo Agostinho.

Período Medieval, do século VI ao século XIV. A literatura latina continua mas surgem novas línguas.

Do século XV até agora: redescoberta do latim da idade dourada no Renascimento. O latim vulgar continua sendo usado pelos eruditos até ao século XVII, como Isaac Newton, e pela Igreja Católica Romana (obrigatório até meados do século XX)Posted by Hello